terça-feira, 4 de agosto de 2009

MARIANA DA SILVA SOARES


Tigresa

Caetano Veloso

Composição: Caetano Veloso

Uma tigresa de unhas negras e íris cor de mel
Uma mulher, uma beleza que me aconteceu
Esfregando a pele de ouro marrom
Do seu corpo contra o meu
Me falou que o mal é bom e o bem cruel

Enquanto os pelos dessa deusa tremem ao vento ateu
Ela me conta sem certeza tudo o que viveu
Que gostava de política em mil novecentos e sessenta e seis
E hoje dança no Frenetic DancinÂ’ Days

Ela me conta que era atriz e trabalhou no Hair
Com alguns homens foi feliz com outros foi mulher
Que tem muito ódio no coração, que tem dado muito amor
E espalhado muito prazer e muita dor

Mas ela ao mesmo tempo diz que tudo vai mudar
Porque ela vai ser o que quis inventando um lugar
Onde a gente e a natureza feliz, vivam sempre em comunhão
E a tigresa possa mais do que o leão

As garras da felina me marcaram o coração
Mas as besteiras de menina que ela disse não
E eu corri pra o violão num lamento
E a manhã nasceu azul
Como é bom poder tocar um instrumento


3 comentários:

Conde, o Eu disse...

lembro até hoje q todo mundo (HOMEM) q me via conversando com ela, vinha me perguntar depois: "ow, quem é ela? é do seu semestre?" kkkkkkkkkkkk!!!! perdi a conta. Queridíssima!!!!!!!!!!!!

Karen disse...

onde será ki ela ta?????


...

Anônimo disse...

Rogério meu querido.

Que coisa lindaaaaaaaaaaa! Adorei. Só vc mesmo, com toda a sua sensibilidade poderia fazer essa homenagem. Adoooro essa música. Vc é uma graça mesmo.
Poxa que saudade desse tempo. Muita saudade mesmo, de comer no ru, de passar tardes na biblioteca, de vc, do conde, enfim de tudo. Bom, respondendo suas perguntas, tô em Brasilia sim, trabalhando e estudando pra concurso. Tô namorando já faz um tempinho, agora casar rs, por agora não, quando for acontecer com certeza vc será convidado. Com certeza vou na sua formatura, me passa o dia direitinho depois, viu?
Agora me responde, como faço pra postar no seu blog? Só se eu tiver uma conta no google? Eu nao tenho e queria escrever pra vc lá.
Bom, vou indo. Se não não paro de escrever rs.
Saudades demais.

Bjãooo
Mari