segunda-feira, 2 de março de 2009

Fá-fábulas de Belém

(Eu admito é um péssimo trocadilho, mas adorei, rsrsrsrs)

Cenas dos próximos capítulos...


A lenda da princesa de algodoal

A príncesa Iris de Algodoal apareceu em forma humana para um pescador bem nas pedras do aboiador e disse:
- Na noite de lua cheia venha me desencantar, não tenha medo, traga o teu terçado e corte minha calda. Eu virei na 3° onda, o galo vai cantar e eu me mostrarei para ti.
E assim chegou a noite de lua cheia. O céu estava atachoado de estrelas e as dunas mais brancas do que nunca. O pescador se acocorou e esperou.
Vindo a 3° onda o galo cantou, a água borbulhou e apareceu uma cobra grande, de lindos olhos esverdeados, que pulou para a areia jogando sua calda enorme. O pescador gelou, seus cabelos ficaram totalmente em pé e pois-se a correr entrando em seu barraco transtornado.
Teve febre altíssima e no seu delírio sonhou com a princesa muito triste lhe dizendo que o seu encanto havia sido redobrado.

"Princesinha"

Lagoa da Princesa - Ilha de Algodoal - PA

Belém - Julho de 2007

Um comentário:

Tio Caju disse...

Bom trocadilhos, Rogério!
Valeu pela dica!
abaço,