terça-feira, 3 de março de 2009

24 HORAS NA ILHA DE ALGODOAL - A ILHA DA FANTASIA E DO AMOR


Eu futuramente posso até fazer um TOP 5 dos melhores momentos que passei longe de Brasília, este com certeza ficará entre estes momentos. Foram até mais de 24 horas desde o momento em que saímos do alojamento em Belém e retornamos no dia seguinte. Tínhamos a nosso favor o fato de só no dia seguinte começarem as apresentações de trabalhos e assim fomos a este lugar maravilhoso chamado Algodoal.

A idéia surgiu de uma garota da PET-PSI a Mariana, que perguntou a seu namorado da época, qual lugar ela deveria conhecer no dia seguinte antes do início do encontro. Sem pensar ele respondeu ALGODOAL. Então a idéia que seria de ir com sua amiga do PET-PSI se estendeu as pessoas que com ela estavam na hora do telefonema e terminou com todo grupo do PET-BRASÍLIA.

Ficaram para trás somente Darlana porque tinha compromissos com o congresso* e o Darlan porque se perdeu de um amigo do PET-BIO momentos antes de irem a rodoviária. Foi interessante pois até minutos antes do ônibus partir, havia gente correndo para poder ir conosco. Foram cinco horas de viagem escutando "o melhor do eletro-tecno-brega-melody" (incluindo Julio Nascimento). Até brincava com o Marquinho que se minha carreira na educação falhasse, eu viraria compositor de música brega paraense, rsrsrsrs.

Chegando a Marudá (lembra nome de cidade de livro de Jorge Amado), encontramos um grupo de estudantes da UNESP-FRANCA, que como nós, tínham o mesmo objetivo mochileiro de virar a noite e só retornar ao amanhecer do dia seguinte.

Do mais deixarei que as fotografias digam por mim o que aconteceu durante aquelas mágicas horas que se sucederam em Algodoal.


Com a Déborah dentro da barca após 40 minutos de viagem até chegar na ilha. Me senti num episódio do Globo Repóter naquele momento (até então, o momento mais "Roots" pelo que já havia passado)

Clima de Interior já em Algodoal

Acordando em Algodoal

A caminho da Lagoa da princesa (02 horas de caminhada, com descansos de banho de mar)

Pausa para uma foto

Vivendo a Sociedade Alternativa (Faça o que tú queres, pois é tudo da lei)

Um improvisado RU brasiliense feito na praia de Algodoal

Karen, uma Franca amizade feita nesta viagem

Com o Heldher nas dunas de Algodoal, grande amigo

Após atravessar a cheia do rio, momentos antes de retornar

Até a próxima pessoal!!!

Vendo a felicidade ficar para trás

Chegando a Marudá, fim da viagem

Belem - Julho de 2007

2 comentários:

Darlana Godoi disse...

Retificando , eu não fui pois tinha compromisso com o evento no qual tinha que participar, afinal recebi diarias para isso, (dinheiro publico sabe?), então como o evento começava no dia em que o pessoal viajou eu não poderia ir passear descumprindo a tarefa pela qual recebi passagem e diarias para comparecer. As fotos ficaram lindas! Beijos e saudades!

Heldher disse...

Grande Rogério,
Como estão as coisas?
Poxa, muito bom relembrar bons momentos das nossas vidas. Essa viagem foi muito boa.
Pena que não tenho mais tempo livre para ir na UnB (as aulas tbm nem começaram ainda, né?).
Abraço e saudades!