segunda-feira, 5 de outubro de 2009

TERRAL - À TODAS AS PESSOAS QUE CONHECI DO CEARÁ

Leilane, Daniele, Rogério e Cibele

Falar delas é um imenso prazer. Principalmente porque foram as pessoas com quem mais passei tempo lá em Floripa 2008, com quem mais eu ri e com quem eu mais tenho histórias para contar.
Na foto estão Leilane, Daniele e Cibele de Fortaleza - CE.

Na verdade foram elas que me conheceram, porque elas escutaram todas as minhas histórias na vam para o hotel, que quando fui contar a elas, já sabiam todas porque prestaram atenção mesmo sem ter contado a elas diretamente, rs. Elas ficaram hospedados nos dois hotéis que ficamos hospedados em Floripa e isto ajudou a nos integrar aos demais do Ceará. O que seria da noite na "boate" no meio das areias da Joaqunia se não fosse elas?

A Daniele demonstra ser uma pessoa bem séria, mais na dela, mas também demosntra ter um humor e uma graça natural, que contagia. No dia do tour por Floripa, ela encarnou na pela do Aderbal (motorista da van)!!!!! E foi quem registrou a foto do cachorro surfista voador (sem photoshop nem nada, rsrsrsr, sério!!!).

A Cibele é um caso sério, rsrsrsr. Sempre em congressos, escolho alguém para Cristo e a escolhida foi desta vez foi ela. Adorava pegar no pé dela e foi dela que recebi o apelido de Vereador (porque segundo ela, eu fazia amizade fácil com as pessoas e parecia que eu queria me candidatar). Gostava das mesmas coisas que eu eu, mas pena não ter dado tempo de podermos conversar mais sobre isso. Ela tinha um sorriso aberto contagiante e um papo muito agradável e levava a sério as brincadeiras que eu fazia (acho que por isso eu pegava tanto no pé dela).

A Leilane tem uma característica que chama a atenção a longa distância (não só pela sua beleza inegável). Cheguei até a comentar com algumas pessoas de Brasília que aqui é difícil achar beleza e simpatia em uma garota só e é uma coisa natural dela. Mesmo sabendo que eternamente serei para ela só um "Rodrigo", rsrsrsr, sei que posso ter deixado um pouco de mim para ela assim como para todas as outras garotas citadas aqui.


Cibele, Rogério, Daniele e Leilane

Uma homenagem através destas garotas incríveis de Fortaleza a todas as pessoas vindas do Ceará que tive o prazer de conhecer. Quem dera se todos tivessem a alegria que os cearenses tem por instinto...



Terral

Ednardo

Composição: Ednardo

Eu venho das dunas brancas
Onde eu queria ficar
Deitando os olhos cansados
Por onde a vida alcançar

Meu céu é pleno de paz
Sem chaminés ou fumaça
No peito enganos mil
Na Terra é pleno abril

Eu tenho a mão que aperreia, eu tenho o sol e areia
Eu sou da América, sul da América, South America
Eu sou a nata do lixo, eu sou o luxo da aldeia, eu sou do Ceará


Aldeia, Aldeota, estou batendo na porta prá lhe aperriá
Prá lhe aperriá, prá lhe aperriá
Eu sou a nata do lixo, eu sou o luxo da aldeia, eu sou do Ceará
A Praia do Futuro, o farol velho e o novo são os olhos do mar
São os olhos do mar, são os olhos do mar
O velho que apagado, o novo que espantado, vento a vida espalhou
Luzindo na madrugada, braços, corpos suados, na praia falando amor.

2 comentários:

Leilane disse...

É Rodrigo...ops! Rogério!!! Foi isso que quis dizer...rsrsrs.
Quem dera que todos tivessem a alegria do povo do Ceará...e quem dera ainda que todos soubesem valorizar tanto as amizades como o povo de Brasília sabe! Ser considerada sua amiga é um presente pra mim, uma honra inigualável!!! Vcs são inesquecíveis! Pessoas simples, alegres, de bom coração...enfim, pessoas que sabem viver!

Nogueira Júnior disse...

hehehehehhee ahh, mas é possível se medir a razão de ser cearense? =) é quase impossível, como se medir a sensação de ser de qualquer outro lugar do Brasil, mas preciso dizer que naquela terrinha de sol há muita alegria mesmo, Rogerio. talvez seja por isso que te chamo pra vir pra cá, comer uma tapioca e dar um mergulho nos verdes mares daqui. portanto, desde já, está intimado a passar uns dias por aqui comigo! meu amigo, adorei a homenagem. saiba que carrego uma certeza forte: de sua amizade e alegria. a fim de retribuir, ja digo que farei uma homenagem para ti em meu blog, okay?! hahaha um forte abraço, meu amigo Rogério!